Prata da Casa, Felipe Saraiva comemora oportunidades na equipe e afirma que está trabalhando a parte física para “aguentar o tranco” do time profissional, que é bem diferente do SUB20

Crédito obrigatório:
PontePress/RaulSauan

Prata da casa, o atacante Felipe Saraiva, de 19 anos, já se tornou conhecido da torcida pontepretana. Quando a equipe adversária está muito fechada, o técnico Gilson Kleina tem utilizado o jovem atleta para abrir a defesa dos adversário com a velocidade e bons dribles. Feliz com as oportunidades que tem recebido, o atacante – que realiza nesta sexta (25) com o elenco um dos últimos treinos antes de enfrentar o Atlético-MG no domingo – fala sobre o momento vivido na Ponte Preta. “Graças a Deus tive oportunidade de mostrar meu futebol no jogo contra o Palmeiras. Fui bem, o Gilson gostou muito e desde lá vem me ajudando nos treinos, me orientando, mostrando como a marcação no profissional muda. A intensidade é diferente, o jogo é mais pegado, estou me acostumando aos poucos”, revela.

Saraiva explica que tem procurado melhorar a parte física para suportar a marcação adversária. “Na partida contra o Botafogo, fiquei muito feliz quando eu soube que ia para o jogo. Eu sei que na hora que for melhor o Gilson vai me colocar. Ele pega muito no pé, que eu preciso melhorar fisicamente, para aguentar o tranco do profissional, que é diferente do SUB 20. Estou trabalhando com o preparador físico em cima disso”, diz.

Treinando ao lado de grandes jogadores, Saraiva comenta sobre a força que o grupo tem dado a ele no dia a dia. “É um sonho realizado. Via Sheik e o Bob na televisão e hoje estou aprendendo com eles aqui na Ponte. Ansiedade tem bastante , mas eu tenho que trabalhar e esperar a hora certa: quando a oportunidade aparecer, vou agarrar com tudo. Os jogadores cobram bastante de mim nos treinos, mas eu sei que é para o meu bem, para a minha evolução”, acredita.

O atleta fala ainda sobre os objetivos na equipe e agradece o carinho da torcida. “Sonho me firmar na Ponte, ganhar um título aqui, passo a passo buscar coisas maiores. Eu agradeço muito ao torcedor que me apoia. Isso me dá força para jogar futebol”, finaliza.

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS