Kleina valoriza a vitória no início de returno da Ponte e já foca em buscar mais três pontos para se distanciar da parte de baixo e buscar objetivos maiores

Crédito obrigatório:
PontePressFabioLeoni

Em uma tarde fria e chuvosa no Majestoso, a Ponte Preta venceu o Botafogo em um jogo muito disputado, definido com um golaço de Sheik em chute de fora da área. O técnico Gilson Kleina se diz satisfeito com o resultado, mas já está concentrado em engrenar uma sequência de vitórias e ir além na competição.

“Vamos focar. Agora é o Atlético-MG no próximo domingo, mais uma vez em casa, vamos trabalhar essa semana pra isso. Temos algumas perdas, vamos ver como vamos armar a equipe e peço a força da torcida novamente para jogar junto com a gente, porque ela faz a diferença. Vamos comemorar esse jogo de ontem, mas entrar forte essa semana para buscar mais três pontos, se distanciar da parte de baixo e buscar objetivos maiores.”, diz.

Na avaliação do comandante, a partida de ontem teve dois tempos distintos. “No tempo inicial a gente não estava conseguindo jogar e nem marcar, eu falei para a equipe no vestiário que a gente precisava melhorar. No segundo tempo fomos mais compactos e ganhamos a primeira e segunda bola. A equipe está em uma crescente e ontem foi um jogo de sacrifício, mas um jogo que nos dá mais confiança para trabalharmos em busca de mais uma vitória no próximo final de semana.”

Kleina compara o início dos dois turnos da competição. “A gente fica feliz que perdemos para eles no primeiro turno e recuperamos os três pontos agora. No primeiro turno nessa fase a gente tinha feito três pontos, e agora já fizemos quatro”, destac o treinador, que ainda comemora as opções para montar a equipe e fala sobre a arbitragem da partida.

“Tivemos grandes reforços saindo do Departamento Médico e agora temos mais opções. O que me preocupa é esse estilo de arbitragem. Tem que ser igual pra todo mundo. A gente trabalha a semana inteira, e isso pode acabar com todo um trabalho”, conclui.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS