No Majestoso, Ponte enfrenta o Botafogo às 16 horas deste domingo (20) com retorno de diversos atletas e Kleina ressalta: temos que fazer valer o mando e a Macaca voltar a sorrir

Foto:PontePress/FábioLeoni

A Ponte Preta entra em campo às 16 horas deste domingo (19) com a missão de reencontrar a vitória diante da torcida, em pleno Majestoso. Há três jogos sem tomar gol, a Macaca pode comemorar a consistência do sistema defensivo, porém precisa voltar a marcar e vencer para subir na tabela: na décima quarta posição, com 24 pontos, a equipe de Gilson Kleina está a apenas dois pontos da zona de rebaixamento, por outro lado pode subir para o grupo dos dez primeiros se vencer hoje, dependendo dos demais resultados da rodada. “Tivemos semana uma semana cheia para trabalhar e estamos bem focados para fazer valer nosso mando de campo e fazer a macaca voltar a sorrir”, diz o comandante alvinegro.

O treinador teve uma série de boas notícias nesta semana. Além da chegada do atacante Léo Gamalho, Emerson Sheik está liberado para atuar e os volantes Elton e Fernando Bob, bem como o zagueiro Yago, também receberam o sinal verde do Departamento Médico e ficam à disposição. Para finalizar, Marllon, que cumpriu suspensão no último jogo, está de volta à zaga.

“Nesta semana tivemos nosso melhor reforço conjunto: Sheik, Yago, Bob, Elton, Marllon, todos de volta, e a chegada do Gamalho, com isso o time começa a ter corpo novamente, voltamos a ter uma equipe mais consistente. Temos versatilidade, tentaremos compactar mais, trabalharmos em cima do que pode extrair e com alternativas. E a partir daí vamos tentar repetir a equipe nos próximos jogos, pra que cresça o entrosamento e consolidar a solidez de não tomar gol e pra bola começar a entrar”, diz.

Além dos jogadores em si, Kleina aponta outro fato importante que deve “reforçar” o time: o tempo de treinamento. “Estávamos tendo um jogo após o outro, sem tempo para recuperação ou treinar mais. Agora oPoderemos voltar a fazer jogadas combinadas, que não estavam acontecendo porque antes, sem tempo pra trabalhar, estávamos muito reativos. Precisávamos dessa semana cheia para poder engrenar novamente”, acredita.

O treinador não adianta a equipe que iniciará jogando logo mais.  “Trabalhamos com diversas opções, inclusive com dois ou três volantes, mas vamos definir antes da partida, até sabendo um pouco mais do que o Botafogo irá fazer”, pontua, adiantando apenas que tanto Fernando Bob  quanto Gamalho deverão iniciar a partida no banco.

“Gamalho vai pro jogo, eu o conheço bem, sei como extrair a característica, mas claro que ainda precisa se adaptar, então inicia no banco. Ele é muito forte na bola aérea, sabe prender a bola, mas teve só dois dias de treino. Se tiver que utilizar, porém, acredito que será de grande valia, justamente porque precisamos de mais atletas com característica de finalização pra marcar gols e vencer”, afirma Kleina.

O treinador também fala um pouco sobre a expectativa de volta de Yago. “Ele treinou bem a semana inteira conosco, é um jogador de qualidade, fez um primeiro semestre muito bom antes da lesão. Conversei no treino com ele e ainda tem algumas limitações, mas o Yago é dedicado e irá superá-las, com certeza”, avalia.

Kleina finaliza clamando a torcida para vir ao estádio acompanhar o time: além do jogo em bom horário, Às 16 horas de um domingo, a diretoria alvinegra mais uma vez colocou os ingressos em promoção, a R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). “A força que vem da arquibancada é sempre nosso maior combustível, por isso peço ao torcedor para comparecer e nos apoiar, nos ajudando a reagir para reencontrar vitória”, conclui.

Os ingressos estão à venda hoje apenas nas bilheterias do estádio, até o final do primeiro tempo. Quem não puder ir ao Majestoso tem como opção acompanhar  partida via rádio: FM 99,1, Mas 870 e 1170, webradios Alberto César, Futebol Interior, Macacada Reunida e PonteNews. 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS