Kleina diz que derrota para o Vitória tem de ser lição para os dois próximos jogos em casa

Crédito obrigatório:
PontePress/FabioLeoni

A Ponte Preta vinha de duas vitórias pelo Campeonato Brasileiro e uma pela Conmebol Sudamericana. Como a partida contra o Fluminense, que era para ter sido realizada no final de semana foi adiada para o próximo dia nove de agosto, a Macaca foi até Salvador para manter a sequência positiva de resultados, mas foi surpreendida pela equipe baiana que abriu o placar com um minuto de jogo. O gol do adversário desestabilizou a equipe, que tentou reagir na segunda etapa, mas foi vencida por 3 a 1.

O técnico Gilson Kleina lamenta o resultado e, em especial, o primeiro tempo da Ponte contra o Vitória e afirma que a derrota fica como exemplo para não repetir os erros nos próximos jogos no Majestoso. “Foram dois tempos distintos. Pagamos pelo início do primeiro tempo. Nossa equipe tomou dois gols muito rápido. A equipe do Vitória cresceu, ganhou o meio de campo e nossa equipe começou a espaçar. Tivemos que fazer uma substituição ainda no primeiro tempo, mudar um pouco a forma de jogar", analisa Kleina, para quem os gols do oponente foram fruto de falhas da Macaca em campo.

"A gente lamenta porque foram três erros nossos. Um erro de posicionamento, um de saída e um escorregão.  Temos que dar os méritos para o Vitória que entrou muito forte, mas no segundo tempo igualamos, a equipe jogou como Ponte Preta. Não só diminuiu o placar como teve mais oportunidades, buscamos o empate, conseguimos neutralizar mais o Vitória. Temos que tirar como lição esse resultado ruim para sermos fortes nesses próximos dois jogos que vamos ter em casa.”

Kleina cobra mais concentração nas partidas fora de casa e acredita em uma Ponte forte para encarar Vasco e Fluminense no Moisés Lucarelli. “Quando se joga fora de casa o nível de concentração tem que ser maior ainda. Pagamos a derrota pelos nossos erros iniciais. Tivemos muito erro de passe hoje. Pegamos um gramado rápido. No segundo tempo mudamos a atitude e a postura. No primeiro tempo deixamos a desejar e perdemos o jogo. Temos que ser forte porque temos o Vasco e o Fluminense dentro de casa”, finaliza. 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS