Sem função por causa da lei que garante entrada gratuita a menores de 12, carteirinhas mirins não serão mais usadas a partir desta quarta-feira: agora basta mostrar RG

 

Foto: PontePress/FábioLeoni

A Ponte Preta sempre permitiu a entrada de menores gratuitamente no Moisés Lucarelli em jogos da Macaca, desde que com documentos e presença dos pais, mesmo antes da aprovação da lei municipal que torna obrigatória este benefício. Com a lei regulamentada e funcionando, porém, tornaram-se desnecessárias as carteirinhas de TC10+ Mirim, já que para a criança entrar basta estar acompanhada e com a identificação em dia, algo que é exigido de qualquer forma a todo menor de idade.

 

“Por essa razão, a partir desta quarta-feira, no jogo contra o Coritiba, as carteirinhas mirins serão dispensadas e não vão mais funcionar nas catracas. Recebemos sugestões de pais neste sentido, porque era trabalho dobrado ter a carteirinha e ainda apresentar RG e documentação do responsável comprovando que ele estava junto com a criança, o que é exigido por lei.Além disso, havia o custo da carteirinha para ambas as partes e também houve alguns casos de crianças maiores de 12 tentando usar carteirinha de menores, o que era prontamente identificado com o RG e causava constrangimentos. Com esta decisão todas estas questões são superadas”, diz Eric Silçveira, coordenador do TC10+.

 

A partir desta quarta (19), então, para entrar gratuitamente basta a qualquer criança apresentar o RG para que a idade seja confirmada e que seja comprovada a presença de pai ou responsável legal. Vale lembrar que as crianças têm direito a ficar no mesmo setor que o adulto que a acompanha irá permanecer.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS