Ponte Preta busca reabilitação diante do Corinthians neste domingo (02) e Vadão faz reestreia no comando da Macaca, confiante em mais um bom trabalho no clube

Publicado em: 02/02/2014


Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/ThiagoToledo

A Ponte Preta encara o Corinthians na tarde deste domingo (02), em jogo que marca a reestreia do técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, no comando técnico da Macaca. A partida, válida pelo Campeonato Paulista, começa às 17 horas, no Moisés Lucarelli, em Campinas. A Macaca começa a rodada na terceira posição do Grupo C, com três pontos ganhos, mas, para Vadão, assumir a Ponte em situações desfavoráveis não é um drama.

“Não é a primeira vez que assumo a Ponte em momentos difíceis. Em 2005 pegamos no Campeonato Paulista e em uma situação complicada, conseguimos escapar do rebaixamento e depois fizemos uma campanha boa no Brasileiro. Já na primeira vez a situação era confortável, o time era muito bom e assumi porque o Marco Aurélio tinha saído e entrei no lugar dele. Estamos acostumados a pegar clubes que não estão indo bem. Nem sempre iniciamos o trabalho desde o início e isso não é novidade. Temos que ter otimismo, detectar rapidamente os problemas e tentar solucionar o mais rápido possível, com o apoio do torcedor, que é o principal”, afirma o treinador.

Ele conta ter encontrado um clube diferente da sua última passagem para agora. “As coisas mudaram bastante no futebol de oito anos atrás para agora. Inclusive conceito tático, preparação física, a Ponte Preta mudou muito. A estrutura da Ponte hoje é muito melhor e também as categorias de base. Nestes oitos anos a Ponte evoluiu bastante e o futebol também evoluiu”, diz. Experiente no futebol, Vadão sabe que a fase ruim é reversível e assim como a Ponte, o rival deste domingo também passa por um mau momento, o que torna o jogo complicado.

“Parece que nós e o Corinthians estamos na mesma situação. A Ponte vem de uma goleada para um rival regional, e o Corinthians vem de uma goleada de um clássico. A situação é muito parecida e as duas equipes têm necessidade de vencer”, explica Vadão, que é claro ao afirmar que o processo de renovação que o clube passa traz dificuldades.

“Estou chegando agora, mas eu vejo assim: a Ponte teve uma queda no Brasileiro, mas teve uma campanha muito boa na Sul-Americana, que inclusive empolgou o torcedor. Depois teve uma revolução, perdeu jogadores importantes e é difícil mesmo remontar em um espaço curto de tempo. Eu sei que isso todos estão cansados e ouvir, mas é a realidade que nós vivemos”, afirma o técnico, que ressalta a importância do apoio da torcida e mostra confiança de que a fase vai melhorar.

“O importante agora, é que o atletas deram uma alegria para o pontepretano no final do ano, chegando nas finais da Sul-Americana, que é um campeonato internacional. Acho que um pouco de paciência, com o apoio do torcedor, nós vamos acertar. O Sidney chegou, é muito difícil com pouco tempo de trabalho remontar uma equipe do porte da Ponte, e com a cobrança que tem. Poderia ter sido o inverso, de eu ter chegado antes e estar saindo e ele entrando agora. Mas com um pouco de compreensão nós vamos chegar lá”, completa.

Ingressos:

A diretoria da Ponte Preta conseguiu viabilizar uma nova promoção para a torcida da Macaca no jogo de domingo contra o Corinthians, às 17 horas: o torcedor que for à partida na geral pagará R$ 20,00. As promoções anunciadas anteriormente – na qual os associados do clube pagam meia entrada, entre eles os TC10+ que quiserem comprar para amigos (já que o Torcedor Camisa 10+ com mensalidade em dia entra de graça) – continuam valendo. Os ingressos para partida estão à venda no Majestoso e demais postos físicos tradicionais, bem como via Internet (www.ingressofacil.com.br). No dia da partida, é possível comprar somente no estádio, até o final do primeiro tempo do embate. Para a torcida adversária, foram disponibilizados 3,5 mil ingressos, a R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia).

Quem não puder ir ao estádio pode acompanhar o jogo pela web rádio Macacada Reunida (https://www.facebook.com/macacadareunida ou www.macacadareunida.net) a partir das 17h30, bem como pelas rádios esportivas de Campinas (FM99,1, AM 870, 1170 e 1270). A partida terá transmissão da Globo e TV Bandeirantes, mesmo para a região de Campinas, que pode acompanhar o jogo pelo pay-per-view.


Outras Notícias


Veja Também

Newsletter Digite seu e-mail para receber nossa newsletter
Redes Sociais