Com gols de Matheus Vargas e Danilo, Ponte vence CSA por 2 a 1 em Maceió/AL

Publicado em: 12/10/2018


 

Foto:  AiltonCruz/Gazeta de Alagoas

A Ponte Preta enfrentou o CSA, no estádio Rei Pelé, em Maceió/AL, nesta sexta-feira (12) e venceu os donos da casa pelo placar de 2 a 1. Os gols da Alvinegra foram de Matheus Vargas e Danilo Barcelos. Com o resultado, a Macaca chega aos 43 pontos, no Campeonato Brasileiro Série B. O próximo jogo da equipe é na sexta-feira (19), às 21h30, contra o Figueirense/SC, no Moisés Lucarelli, em partida válida pela 32ª rodada da competição.

 

O Jogo

 

A Ponte abriu o placar logo com um minuto de jogo. Igor cruzou pela direita e Matheus Vargas finalizou de primeira, abrindo o marcador. Apesar de o time do CSA tentar criar ações ofensivas, os comandados de Gilson Kleina eram disciplinados taticamente e até metade da etapa inicial, mantiveram sob controle os avanços do adversário.

Aos 22 minutos o CSA fez um gol, que foi bem anulado pela arbitragem. Na jogada, após cobrança de falta, Alemão finalizou com o braço e foi advertido com cartão amarelo. Dez minutos depois a Ponte teve mais uma chance interessante. Em contra-ataque, André Luís desceu pelo lado esquerdo, chutou forte rasteiro, mas Frigieri fez a defesa.

Mas logo na sequência a Macaca conseguiu ampliar. Em mais um contra-ataque, André Luís desceu centralizado, tocou para Danilo, que entrou pelo lado direito, que chutou colocado cruzado, fazendo o segundo da Ponte. A Ponte quase chegou ao terceiro gol aos 44 minutos, em jogada de André Luís. O camisa sete chutou cruzado, mas Frigieri defendeu. Sem mais lances de destaque, o primeiro terminou com a Macaca em vantagem.

Nos dez primeiros minutos da etapa final, o CSA buscou o ataque, mas a Ponte se mostrou segura e não sofreu sustos. Aos 17 minutos a Ponte quase chega ao terceiro gol, em cobrança de falta venenosa de Danilo, que obrigou o goleiro adversário fazer defesa. No rebote, a bola sobra para Matheus Vargas, que chutou cruzado, mas o arremate foi pela linha de fundo.

Aos 25 minutos, a Ponte teve chance com Júnior Santos. O atacante desceu em velocidade, driblou o marcador e chutou para defesa de Frigieri. Ao longo da segunda metade da etapa, a Ponte permaneceu com o controle do jogo. A equipe segurava as ações do CSA e ainda criou contra-ataques, que por pouco não levaram perigo ao gol adversário. O CSA fez um gol aos 46 minutos, em desvio de Matheus, após cobrança de falta. Sem mais lances de destaque, a Ponte vence o CSA pelo placar de 2 a 1.

                                                                                                                                           

Ficha Técnica:

 

Ponte Preta: Ivan, Igor, Reginaldo, Renan Fonseca e Danilo, João Vitor, Tiago Real (Roberto), Lucas Mineiro e Matheus Vargas (Bruno Ramires), André Luís (Victor Rangel) e Júnior Santos. Técnico: Gilson Kleina.

CSA: Frigieri, Celsinho, Leandro, Matheus e Rafinha (Hugo Cabral), Yuri, Jhon Cley (Daniel Costa), Pio, Neto Berola, Juan e Alemão (Rubens). Técnico: Marcelo Cabo.

Local: Estádio Rei Pelé – Maceió/AL

Árbitro: Adriano Milczvski - PR

Auxiliares: Luciano Roggenbaum – PR e João Fábio Machado Brischiliari - PR

Cartões amarelos: Reginaldo e Matheus Vargas (Ponte); Pio, Juan e Alemão (CSA).

Cartão vermelho: Victor Rangel (Ponte Preta).

Gols: Matheus Vargas e Danilo (Ponte Preta); Matheus (CSA).

 


Outras Notícias


Veja Também

Newsletter Digite seu e-mail para receber nossa newsletter
Redes Sociais